seminario juventude
Seminário – 8. janeiro 2016

"Empreender a vida - Caminhos para a autonomia"

Decorreu no passado dia 26 de janeiro em Cascais. Um evento organizado pelas Aldeias SOS para apresentação do evento final do projecto "Jovens Empreendedores com Futuro".

Principal objectivo do Projecto: capacitar jovens para a Empregabilidade e Empreendedorismo, durante 14 meses, apoiado pelo Programa Cidadania Ativa da Fundação Calouste Gulbenkian.

Este projeto apoiado pelo Programa Cidadania Ativa da Fundação Calouste Gulbenkian, financiado através do Mecanismo Financeiro EEE - EEA Grants - Islândia, Liechtenstein e Noruega, veio reforçar a missão das Aldeias de Crianças SOS Portugal - Amor e um Lar para cada Criança - com o fortalecimento da preparação dos jovens para uma cidadania ativa, e com o desenvolvimento de competências organizacionais no que concerne a autonomização e capacitação de Jovens.

Mais de 30 jovens, acompanhados por 5 Técnicos e 5 Voluntários mentores das Aldeias SOS, aprenderam fazendo através de sete atividades formativas e encontros de grupo regulares, visando adquirir e aperfeiçoar competências técnicas e transversais, pelo reforço da preparação e inclusão dos jovens no mundo do trabalho e pelo desafio à atuação do jovem como empreendedor - em grupo e em rede – ao criar desafios e oportunidades para empreender. 

Assim, idealizaram, planearam e executaram projetos de acordo com os seus interesses, paixões e conhecimentos. Em parceria com as empresas Lojas Francas de Portugal e Generix Group, e com a participação de diversas outras empresas e empreendedores locais, os jovens realizaram visitas, programas de formação em contexto de trabalho, encontros com profissionais e empreendedores. 

Alicerçado nesta rede colaborativa, proporcionou-se uma mudança social positiva com e a partir dos jovens, através de uma metodologia a replicar e ou a adaptar a outros contextos, utilizando o manual construído com base na experiência vivida por esta comunidade de prática.

Este projecto-piloto veio reforçar a atenção que as Aldeias de Crianças SOS colocam nos processos de autonomia dos jovens, com particular enfoque no período da adolescência e da juventude. Um destaque importante foi também dado ao desenvolvimento de competências pessoais, de auto-estima e auto-confiança, bases de um perfil empreendedor.

O Seminário “ Empreender a Vida – Caminhos para a Autonomia”

26 de Janeiro, dia de sol, Casa das Histórias Paula Rego em Cascais,  cerca de 200 pessoas, juntas a falar de jovens, de sonhos, responsabilidades, atitude, projectos de Vida, Futuro!

Abriu a sessão o Sr. Presidente das Aldeias SOS, Eng. Filipe Carnall que referiu a importância que as Aldeias de Crianças SOS atribuem à educação e qualificação dos jovens na sua preparação para a integração profissional e social com sucesso e o papel muito relevante que voluntários e a comunidade empresarial podem ter no acompanhamento, formação, disponibilização de estágios profissionais, oportunidades de primeiro emprego e apoio no desenho e desenvolvimento de projectos empresariais dos jovens. Seguidamente o Gestor do Programa Cidadania Activa, Dr Luís Madureira Pires, referiu o âmbito e os objectivos do programa Cidadania Activa, em particular, o sucesso deste projecto, reforçado pelas palavras inspiradoras da Sra. Prof. Adília Cabral, Vice- Presidente da Escola Superior de Educação de Coimbra, entidade que deu o seu apoio na avaliação externa ao Projecto JEF. Muito importante foi a intervenção do Sr. Presidente da Câmara de Cascais, Dr. Carlos Carreira que felicitou os promotores do Projecto JEF e do Seminário sublinhando a importância de fomentar nos jovens uma atitude empreendedora e inovadora, de aproveitar oportunidades, de assumir riscos e acreditar tão importante na construção de um novo paradigma de sociedade. 

Foram apresentados testemunhos de todos os intervenientes, começando pelos jovens, que, com entusiasmo, apresentaram os seus projectos e a experiência por que passaram. Também os educadores e os voluntários mentores, bem como as empresas parceiras (Generix e Lojas Francas), que abriram as suas portas, experiência e actividade, aos nossos jovens, e as avaliadoras externas, (Ana Coelho e Paula Neves), que expuseram os resultados da sua análise, como um balanço positivo e motivador, a prosseguir.

Os intervalos foram marcados pela presença da actriz Custódia Gallego, que emprestou o seu talento e sensibilidade artística, na leitura de alguns poemas relacionados com o tema em foco.

A parte da tarde foi abrilhantada pela conferência do Dr. João Catalão, que abordou e desenvolveu as principais componentes para uma autonomização activa e criativa. “Fez-se acontecer” no Auditório Maria Barroso, e todos os presentes se sentiram envolvidos na dinâmica criada.

A fechar, tomámos conhecimento da actividade da Câmara Municipal de Cascais no âmbito da juventude, pela Coordenadora do Programa Cascais – capital europeia da juventude 2018, Dra Catarina Vieira, e pelo contributo enriquecedor da Sra Dra Isabel de Almeida, responsável da Segurança Social Oeiras - Cascais.

De acordo com as palavras da Vice- Presidente das Aldeias SOS, Benvinda Neves, “como em tudo na vida, o mais importante é sempre querermos e darmos o 1º passo, podemos depois fazer mais e melhor!”

 

/* pageName= seminario pagePrefix= breadCrumb=Notícias / ATUALIDADES / Noticias por Cá / seminario mainDomain=aldeias-sos.org langIdentifier=PT,pt */