As fortes chuvas que atingiram o Sul do Brasil no início de maio causaram estragos em diversas regiões, incluindo as cidades de Santa Maria, Santo António da Patrulha e Porto Alegre onde as Aldeias de Crianças SOS no Brasil atuam.

 

As instalações das Aldeias de Crianças SOS em Porto Alegre estão submersas!

Faça um donativo para apoiar as crianças, jovens e famílias afetadas pelas inundações!  

Dados do boletim da Defesa Civil, apontam que o desastre ambiental no Rio Grande do Sul já deixou mais de 620 mil pessoas deslocadas, e afetou mais de 2,12 milhões de moradores em 385 municípios.

É expectável que estes números aumentem à medida que operações de resgate são realizadas e da evolução das previsões meteriológicas.

As Aldeias de Crianças SOS de Porto Alegre precisam do nosso apoio!

O Sul do Brasil foi afetado drasticamente com várias habitações devastadas, danos materiais e toda a dificuldade e frustração que uma catástrofe natural causa no bem-estar físico e mental das pessoas afetadas.

O aeroporto e a rodoviária estão fechados, as principais vias de acesso estão bloqueadas e a necessidade de recursos básicos é urgente. A situação é crítica.

No bairro de Sarandi, em Porto Alegre, as instalações das Aldeias de Crianças SOS foram inundadas e as crianças, jovens e famílias acolhidas foram transferidas para um local seguro. Diante desta situação, as equipas das Aldeias de Crianças SOS em Porto Alegre vão mobilizar-se para ajudar as famílias afetadas pelas inundações e iniciar o processo de reconstrução e fortalecimento, que se prevê demorar cerca de 2 anos.

As Aldeias de Crianças SOS de Porto Alegre estão a trabalhar incansavelmente para garantir a segurança e o bem-estar das crianças, adolescentes e habitantes do bairro de Sarandi e precisam da nossa ajuda o mais rápido possível!

Não podemos ficar de braços cruzados.
Temos de agir agora!

Faça o seu donativo agora!

Saúde

É necessário um esforço urgente na aquisição de medicamentos, material de primeiros socorros e produtos de higiente pessoal de forma a garantir o bem-estar de todos.

Apoie o quanto antes!

Ajude!

Saúde Mental

É imperativo garantir apoio psicológico a todas as crianças, jovens e adultos que perderam as suas habitações e pertences durante esta catástrofe natural. 

 Apoie o quanto antes!

Ajude!

Abrigo

Com as Aldeias de Crianças SOS de Porto Alegre submergida, e muitas outras habitações devastadas, deve ser realizado um esforço urgente em abrigar e proteger os cidadãos. 

Apoie o quanto antes!

Ajude!

Alimentação

Devido ao impacto das cheias e a destruição de muitos mantimentos, torna-se prioritário garantir uma alimentação variada a todos os cidadãos abrigados

Apoie o quanto antes!

Ajude!

"O desafio agora é conseguir os recursos necessários para as atividades do nosso programa, bem como para a recuperação da nossa infraestrutura, que foi muito atingida e ainda não temos como contabilizar os prejuízos porque as águas ainda não baixaram"

Alberto Guimarães

Diretor Nacional das Aldeias de Crianças SOS no Brasil