A 24 de Fevereiro, a Rússia iniciou uma operação militar em larga escala na Ucrânia, que está a ter um enorme impacto na vida de toda a população no país, havendo já milhares de deslocados. A prioridade das Aldeias de Crianças SOS é proteger o maior número de crianças e famílias. 

As Aldeias de Crianças SOS da Ucrânia apoiam mais de 2000 crianças, jovens e famílias no país e estima-se que este apoio se estenda a milhares de crianças e famílias a curto prazo.

As nossas equipas nos países vizinhos estão já a dar apoio à equipa da Ucrânia, sendo que nos últimos dias foi possível realocar mais de 100 crianças e famílias recebidas pelas Aldeias de Crianças SOS na Polónia.

“Todos nós nos sentimos impotentes e todos queremos que a guerra pare.

A nossa prioridade é proteger o maior número de crianças.
Queremos que as crianças cresçam sem ódio. 

Estou em contacto próximo com as Aldeias de Crianças SOS na Rússia e na Bielorrúsia. Estamos do mesmo lado – do lado das crianças. 
Continuaremos o nosso trabalho para proteger as crianças o horror da guerra.”

- Serhii Lukashov, Diretor Nacional das Aldeias de Crianças SOS da Ucrânia.

Aldeias de Crianças SOS na Ucrânia: 

A organização começou a trabalhar na Ucrânia em 2003 e em 2010 abriu a primeira Aldeia SOS em Brovary, região de Kyiv. O trabalho na região de Luhansk, na Ucrânia oriental, começou em 2012 e foi reorganizado em 2014, para responder às necessidades das crianças e famílias de ambos os lados da linha de conflito. 

Com os nossos Programas no país, apoiamos mais de 1300 crianças e jovens e mais de 700 adultos.

Muito obrigado pela sua generosidade! Juntos mudamos vidas!

Perguntas Frequentes