As Aldeias de Crianças SOS são a maior organização do mundo a apoiar crianças e jovens em perigo ou em risco de perder o cuidado parental.

Estamos ao lado das crianças e dos jovens, para que ninguém cresça sem cuidados. 

Prestamos Cuidados Alternativos a Crianças e Jovens  

Oferecemos cuidados reparadores, até que seja possível a integração numa família (a de origem ou outra) ou até se alcançarem as condições necessárias para uma integração comunitária mais autónoma.

 

Fortalecemos Famílias em situações de Risco e com múltiplos Desafios

Oferecemos um espaço de intervenção com intencionalidade reparadora das dinâmicas familiares de risco, através dos nossos Centros de Apoio Familiar e Aconselhamento Parental (CAFAP), onde os nossos técnicos trabalham com as famílias e desenvolvem a sua ação.

Este Natal oferece os nossos Presentes Solidários a quem mais gostas! 

Ao adquirires os nossos Presentes Solidários, estás a apoiar o nosso trabalho com mais de 420 crianças e jovens em Portugal. Faz já a tua encomenda e muda a vida de centenas de crianças e jovens! Contamos contigo?  

Faça a sua encomenda

As crianças e os adolescentes têm todos os direitos humanos, não porque são "o futuro", mas porque são seres humanos. Hoje.

Sobre os Direitos das Crianças

Formas de ajudar

 

É graças à generosidade dos nossos doadores e parceiros que podemos continuar a trabalhar para que todas as crianças tenham os cuidados que necessitam para serem os autores das suas próprias histórias. Junte-se a nós nesta caminhada!

Sabemos que a família

é o melhor lugar 

para uma criança crescer. 

 

É com a família que a criança começa a ser o autor da sua vida e a escrever a sua própria história. No entanto, em Portugal registaram-se mais de 40 mil pedidos de ajuda para crianças que crescem sem o apoio de uma família. Crescem sozinhas. 

As Aldeias de Crianças SOS trabalham para mudar esta realidade. Para que cada criança possa pertencer a uma família, crescer com amor, respeito, segurança e ser autora da sua própria história. Junte-se a nós! 

Quero mudar esta realidade!