Portugal

Breve história das Aldeias de Crianças SOS

Em 1964, Maria do Céu Mendes Correia e Palmira Cabrita Matias, fundaram a Associação das Aldeias de Crianças SOS de Portugal, juntamente com alguns amigos e Hermann Gmeiner, fundador da SOS Kinderdorf International. Ainda eram jovens universitárias, interessadas pelos problemas sociais que afligiam o país, nomeadamente a situação das crianças que viviam em grande miséria física e moral, nas barracas e bairros degradados.
aldeias-sos-portugal_600x300

1960:
Fundação do “Lar da Nazaré” para acolhimento de crianças (raparigas) pela Dra. Maria do Céu Mendes Correia e Dra. Palmira Cabrita Matias.
 
1961: Primeiro encontro com o Presidente da SOS-Kinderdorf International, Dr. Hermann Gmeiner.
 
1963: Protocolo de colaboração assinado por Hermann Gmeiner e Maria do Céu Mendes Correia para a criação das Aldeias de Crianças SOS em Portugal.
 
1964: Aprovação dos Estatutos da Associação das Aldeias de Crianças SOS de Portugal. É aceite o acolhimento conjunto de crianças de ambos os sexos.
 
1967: Inauguração da Aldeia de Bicesse com três casas e instalação das primeiras famílias SOS com a presença do Secretário Geral da SOS-Kinderdorf, Dr. Hansheinz Reinprecht, que ao longo dos anos seguintes foi um grande amigo das Aldeias de Crianças SOS de Portugal.

1969: Primeira visita de Hermann Gmeiner a Portugal. Maria do Céu Mendes Correia é eleita membro da Direção Internacional na Assembleia Geral da SOS-Kinderdorf.
 
1972: Segunda visita de Hermann Gmeiner a Portugal por ocasião do 5º aniversário da Aldeia de Bicesse, com a inauguração de seis novas casas de família.
 
1973: A Associação das Aldeias de Crianças SOS Portugal conseguem que o Governo despache favoravelmente o pedido apresentado para que as crianças em Instituições passem a usufruir de assistência médica e medicamentosa, da Previdência Social, que veio a beneficiar 14.000 crianças.
 
1975: Criação do Campo de Férias SOS na Quinta dos Cardosos (Aldeia do Meco), através da oferta do terreno pelo seu proprietário.
 
1980: Inauguração da segunda Aldeia de Crianças SOS em Portugal – Gulpilhares (V.N. Gaia).
 
1986: Inauguração da terceira Aldeia de Crianças SOS em Portugal – Guarda. Falecimento do fundador das Aldeias de Crianças SOS Internacional, Hermann Gmeiner.
 
1989: Comemoração do 25º aniversário da Associação, com a presença do Presidente da SOS Kinderdorf, Dr. Helmut Kutin.
 
1991: Inauguração do Centro Social “Arco-Íris” em Bicesse – Lar para mães SOS reformadas, Lar Idosos, jardim de infância e creche.
 
1992: Comemoração do 25º aniversário da Aldeia de Bicesse com a presença do Presidente da SOS-Kinderdorf, Helmut Kutin.
 
1996: Inauguração dos campos de jogos e piscinas das 3 Aldeias.
 
1999: Atribuição da Medalha de Mérito Familiar à Associação pela Confederação Nacional das Associações de Famílias.
 
2004: Comemoração do 40º aniversário da Associação.
 
2005: A fundadora Maria do Céu Mendes Correia é agraciada pelo então Presidente da República, Dr. Jorge Sampaio, com uma das mais altas distinções de Portugal, como Grande Oficial da Ordem de Mérito.
 
2007: A Associação é contemplada com o Prémio Gulbenkian de Beneficência por ocasião do 50º Aniversário da Fundação Calouste Gulbenkian. Comemoração do 40º aniversário da Aldeia de Bicesse.
 
2012: Início do Programa de Fortalecimento Familiar em Rio Maior.
 
2013: Início do Programa de Fortalecimento Familiar na Guarda.

2014: Comemoração do 50º Aniversário da Associação.

2015: Início do Programa de Fortalecimento Familiar em Oeiras.