​Centros comunitários oferecem um paraíso em Les Cayes, Haiti

As Aldeias de Crianças SOS proporcionam às crianças cuidados, alimentação e recreio.

07.11.2016 - Após o furacão Matthew ter atingido o sul do Haiti no dia 4 de outubro, os moradores de Les Cayes foram obrigados a limpar pilhas de detritos. O furacão Matthew deixou um rasto de destruição enorme e provocou grandes traumas e sofrimento nas crianças.
furacão mathew haiti

No Centro Comunitário Ti Kok em Les Cayes, apoiado pelas Aldeias SOS, um grupo de crianças em idade pré-escolar reuniu-se com os colaboradores e a equipa SOS.
 
"Bom dia, crianças!", Disse Nancy Toussaint, uma colaboradora SOS que trabalha no centro.
 
Nancy reuniu todas as crianças num dos quartos que ainda tinha um telhado, sentadas em círculo pediu a cada criança que se levantasse e dissesse o seu nome na frente de todos.

Após a apresentação, as crianças eram aplaudidas com entusiasmo pelos restantes colegas. Cada uma destas crianças é uma vítima do furacão Matthew, mas este momento serviu para fazê-las esquecer os traumas e sofrimentos e tentar dar-lhes um pouco de alegria.
 
"Mesmo que tenham momentos em que estão tristes, quando começam a participar das atividades, isso dá-lhes algum alívio", disse Loulouse Hercule, um instrutor do Centro comunitário Ti Kok.

furacão mathew haiti
Nancy Toussaint colaboradora das Aldeias SOS Les Cayes no centro comunitário La Savane, Haiti.       Photo: Marie Arago

Squévarah é uma menina com 5 anos que ficou sem casa quando o furacão chegou. Lembra-se do vento e da chuva muito fortes que levaram o telhado da sua casa. Quando aconteceu esta tragédia já a menina e a sua família tinham sido evacuados para uma escola próxima.
 
"Muitas crianças perderam as suas casas", disse Hercule, um educador do Centro comunitário Ti Kok.
"A água do mar inundou tudo o que os seus pais possuíam. Os materiais de aprendizagem que tínhamos no centro, livros e cartazes educativos que preparámos, tudo estava perdido."
 
Muitas crianças ficaram doentes nas semanas que se seguiram ao furacão, e estavam exaustas por não conseguirem dormir desde há várias semanas. Há também um risco de cólera. A chuva e as brisas frescas do inverno são propícias para propagar resfriados e doenças respiratórias, como pneumonia.
 

Kits de alimentos para famílias afetadas
As Aldeias de Crianças SOS apoiam três centros comunitários em Les Cayes. Estes centros têm desempenhado um papel importante na ajuda e distribuição de kits de alimentos às famílias que estão nas áreas mais vulneráveis ​​da cidade. Os kits de alimentos compostos por arroz, esparguete, salmão enlatado, feijão, óleo de cozinha, sal, açúcar, leite e água. - cumprem uma extrema necessidade neste período de emergência e impedem muitos de passar fome.

furacão mathew haiti
Destruição causada pelo furacão Matthew na costa sul do Haiti. Photo: Marie Arago

Muitas famílias eram dependentes da agricultura. A tempestade provocada pelo furacão Mateus destruiu quase todas as culturas, pescas e pecuária no sul do Haiti, das quais Les Cayes é a capital, e na vizinha Grand'Anse, de acordo com o Ministério da Agricultura.
 
"É um grande risco", disse Volny Etienne, diretor da Aldeia de Crianças SOS de Les Cayes, sobre o impacto da tempestade na produção de alimentos. Sublinhou a necessidade de soluções a longo prazo e a importância da sustentabilidade. "Não podemos dar-lhes comida para comer por um ano ou dois", disse ele. "As pessoas precisam de replantar, e ficar em seus próprios dois pés novamente."
 
Os centros comunitários apoiados pelas Aldeias SOS fornecem às crianças, duas refeições diárias e água potável, juntamente com instruções, tempo de recreio e cuidados emocionais. As crianças também estão a ajudar.
 
"Elas fazem perguntas umas às outras - A tua casa foi destruída? O que a tua mãe fez? Para onde tu foste? - Elas amam-se."