"A minha Aldeia SOS de Bicesse"

Testemunhos de 50 anos de acolhimento

50 anos bicesse

Em 1964, Maria do Céu Mendes Correia e Palmira Cabrita Matias, fundaram a Associação das Aldeias de Crianças SOS de Portugal, juntamente com alguns amigos e Hermann Gmeiner, fundador das Aldeias de Crianças SOS Internacional. Em 1967, inaugurou-se a Aldeia SOS de Bicesse, com três casas e instalação das primeiras famílias SOS.

Em outubro de 2017, a Aldeia SOS de Bicesse está maior, cheia de vida e comemora 50 anos! Meio centenário de acolhimento e de um modelo que percorre o mundo, reconstruindo famílias para crianças cuja infância merece uma segunda oportunidade.

Por esta Aldeia SOS, passaram mais de 200 pessoas, que aqui cresceram, encontraram uma nova casa, um novo destino, um novo aconchego. Também por aqui passaram dezenas de técnicos, Mães SOS, Tias, voluntários, colaboradores que deram sentido ao dia-a-dia desta Aldeia SOS. Em 2017, quisemos recolher testemunhos de quem passou pela primeira Aldeia SOS em Portugal.

Partilhamos histórias, emoções, memórias, desejos para o futuro.
Aqui ficam alguns destes testemunhos.
  • Da Aldeia SOS de Bicesse para a Dinamarca

    Paula tinha 1 ano quando, acompanhada dos seus seis irmãos, foi viver para a primeira Aldeia SOS de Portugal, em Bicesse. Ler mais...
  • solidariedade aldeia sos

    Benvinda Neves cresceu nesta Aldeia SOS!

    Alguém falou ao meu pai na Aldeia de Crianças SOS – onde nos poderia ter todos juntos, pois foi a primeira instituição mista, no país. Ler mais...
  • Manuel Matias

    "Guardo muitas e boas recordações desse tempo em particular dos momentos de convívio com os jovens de então..." Leia mais…
  • Manuel Salvador Espírito Santos

    "...têm me devolvido muito do carinho e da atenção que lhes tenho dedicado." Leia mais…